Working Paper Series


Working Paper 7 • 2023

Food and urban politics in Belo Horizonte: agroecology, activist coalitions, and bottom-up technologies of sustainable urbanization

Abstrato

O objetivo deste documento de trabalho é contribuir para o debate emergente entre os estudos urbanos e alimentares, trazendo à tona a dimensão sociopolítica do sistema alimentar e seu contexto urbano. Orientado pelas questões gerais de pesquisa do projeto “Food for Justice: Poder, Política e Desigualdades Alimentares em uma Bioeconomia “1, esta pesquisa está inserida em um estudo de caso sobre política alimentar na cidade de Belo Horizonte. Ela trata das inovações sociais dos movimentos agroecológicos e de moradia da cidade e dos moradores da Izidora, habitantes do chamado “assentamento informal”, cujo engajamento na luta por moradia e pelo direito à cidade produziu conquistas notáveis na construção de coalizões ativistas e na ressignificação de espaços urbanos marginais. Com base no trabalho de campo etnográfico digital que realizei entre janeiro e dezembro de 2020, analiso o contexto, o uso e o alcance dessas inovações sociais como um instrumento para transformar o desenvolvimento urbano nas periferias de Belo Horizonte.

_ Keywords: Urbanization, Food Politics, Urban Politics, Agroecology, Social Movements

Working Paper 8 • 2023

The impact of the Covid-19 Pandemic at the Slow Food Movement

Abstrato

O surto do coronavírus foi declarado uma pandemia global em março de 2020, fazendo com que muitos países entrassem em lockdown para tentar contê-lo e evitar ou diminuir a sobrecarga dos sistemas nacionais de saúde. Como o trabalho e os estudos passaram a ser on-line e o distanciamento social tornou-se uma regra de segurança, os movimentos sociais também tiveram de se adaptar. Além disso, os movimentos de alimentos ganharam mais relevância, pois uma das primeiras preocupações foi manter a produção e a distribuição de alimentos em todo o mundo, apesar das paralisações. Este artigo tem como objetivo analisar os impactos da pandemia de Covid-19 no movimento Slow Food, como ela mudou a organização, a agenda e as ações do movimento. Ele se baseia em pesquisa empírica em dois países: Brasil e Alemanha, e analisa três momentos da pandemia, desde seu primeiro impacto em 2020 até as adaptações e continuidades em 2021 e 2022. Este trabalho se baseia em uma etnografia presencial e virtual e faz parte de uma investigação mais ampla sobre o movimento em ambos os países.

_ Keywords: Covid-19 pandemic, Food movements, Slow Food, Germany, Brazil

Working Paper 6 • 2022

Retrato da Segurança Alimentar e Nutricional em Belo Horizonte

_ Keywords: segurança alimentar desigualdades alimentares políticas públicas Belo Horizonte

Working Paper 5 • 2021

How to harvest in a pandemic? The German media coverage of migrant workers and harvesting in the context of the Covid-19 crisis in 2020

_ Keywords: Covid-19; Pandemic; Food Inequalities; Migrant Harvest Workers; Farmworkers; Agriculture; Food Production; Exploitative Working Conditions

Working Paper 4 • 2022

Efeitos da pandemia na alimentação e na situação da segurança alimentar no Brasil

_ Keywords: Food security; Brazilian Food Insecurity Scale; Human right to adequate food; Covid-19; Pandemic; Public health; Public policies; Food inequalities

Working Paper 3 • 2021

Politische Ernährung. Mobilisierung, Konsumverhalten und Motive von Teilnehmer*innen der Wir haben es satt! Demonstration 2020

_ Keywords: Wir haben es satt, social mobilization, soziale Mobilisierung, Protestforschung, Agrar- und Ernährungswende, Ernährungsgerechtigkeit, Deutschland, food movement, protest survey, food justice, Germany